E quando o sexo não funciona? O que fazer para acertar no caminho do prazer? —— As disfunções e dificuldades sexuais são um dos temas mais calados pelas pessoas por vergonha, culpa, fatalidade, ignorância e abandono. Mas muito raras são as situações que não têm solução. E para desmistificar esta matéria, a psicoterapeuta e sexóloga Marta Crawford chama a atenção para o facto de que a maioria das mulheres ou homens já experimentou alguma vez na sua vida uma dificuldade sexual. Nem que seja pelo stress, ansiedade, cansaço ou desacerto íntimo com a outra pessoa no ato sexual. Mas para Marta Crawford a adversidade no sexo pode ser uma oportunidade. “Digo sempre que não há nada como uma boa disfunção sexual para tornar um homem habilidoso e descobrir o clítoris da sua parceira, no caso de ter uma parceira”. E deixa o aviso: “Sexo sem erecção é sexo e pode ser ainda melhor.” Eis o ponto de partida para para mais um episódio do podcast “Muito Mais Do Que Sexo”. Uma conversa entre Marta Crawford e o jornalista Bernardo Mendonça

Qualquer casal de longo termo vive os seus desafios, crises e superações emocionais e sexuais. É o que nos contam Sérgio Condeço e Marco Gonçalves, que vivem uma relação amorosa há 18 anos, depois de ambos terem tido anteriormente relações com mulheres. Sérgio, tem 52 anos, é ilustrador e Marco tem 44 anos e é médico psiquiatra. Os dois falam das dificuldades e alegrias por que têm passado. “Acho que temos que olhar com humor para o nosso envelhecimento. Claro que não tenho a mesma ereção que tinha aos 27 anos.”, chega a afirmar Sérgio. O outro testemunho é da Paula Diogo, de 49 anos, solicitadora, que recorda os problemas sexuais por que passou no primeiro casamento e de como isso afetou a relação.

Pode seguir este podcast também no Spotify, Soundcloud e Apple Podcasts

6,6%

Percentagem de mulheres entre os 18 e os 79 anos que sofre de vaginismo, segundo um estudo realizado em 2015 pela Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação, da Universidade do Porto. No mesmo estudo 25,4% assumiu falta de desejo sexual e 9,8% referiu sofrer de dispareunia, dor intensa na relação sexual e logo após o ato.

Prevalence and Sociodemographic Predictors of Sexual Problems in Portugal: A Population-Based Study With Women Aged 18 to 79 Years

crónica —— QUARTO DOS HÓSPEDES

Aldina Duarte

Bendito o fado de ser fadista!

Não há género definido na palavra fadista, o que me encanta, sendo que a alma e o corpo são igualmente sagrados para que o fado se cumpra no canto, ou não fôssemos todos, homens e mulheres, iguais no essencial: o desejo profundo de amar e ser amado, de igual para igual.

Ler mais

23,2%

Percentagem de homens portugueses entre os 18 e os 70 anos que afirmam ser a ejaculação precoce a sua maior dificuldade sexual. Cerca de 10% dos homens assumiu sentir dificuldades na ereção, 8.2% relatou ter problemas com o orgasmo e 2,9% indicou ter baixo desejo sexual. Os dados são de um estudo feito entre 2008 e 2010 na Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro

Prevalence of Sexual Problems in Portugal: Results of a Population-Based Study Using a Stratified Sample of Men Aged 18 to 70 Years

ENTREVISTA

Rita Redshoes

“A sexualidade é um caminho de autoconhecimento, descoberta, conquista e afirmação e como todos os caminhos, até chegar a um qualquer destino, há curvas e contracurvas.”

Ler mais

crónica —— QUARTO DOS HÓSPEDES

Rui Portulez

Sensibilidade e consenso

Que é como quem diz, do pimba ao erudito, do fado ao metal, do hip-hop à música instrumental, Portugal é amor! Se juntarmos a isto o facto de que todas as canções de amor são ridículas, podemos concluir que o contributo dos Ena Pá 2000 (e dos Irmãos Catita) foi seminal e transformador, mas já não é. Os tempos mudaram e as vontades tomaram novas qualidades…

Ler mais

Poesia —— Cláudia R. Sampaio

tragam-me um homem que me ame em círculos
que me ame em medos, que me ame em risos
que me ame em autocarros de roda no precipício
e me devolva as olheiras em gratidão de
estarmos vivos

Ler mais

Um casal que vai a uma consulta para resolver uma disfunção, é um casal que já deu um importante passo para a sua resolução

Bernardo Mendonça

crónica —— dentro de mim

Marta Crawford

Dentro de mim

Nunca sentira tanto êxtase na sua vida. Foi um acontecimento único e, foi mais ou menos a partir desse momento, que todas os dias passou a recriar entre os lençóis, esse mesmo êxtase de outrora.

Ler mais

O dildo é o brinquedo sexual mais antigo e mais popular. Pode ser encontrado em quase todas as culturas. Foi representado na arte paleolítica há mais de 30 mil anos. Existem imagens de vaginas e objetos fálicos nas celebrações das festas e dos rituais de fertilidade ou em cerimónias de desfloramento. São feitos de qualquer material: argila, metal, pedra, madeira, couro, resinas ou chifre. A condição principal é que sejam anatómicos e limpos.

79,8%

Percentagem de homens que experienciaram pelo menos um problema sexual ao longo da vida. Dados de um estudo europeu realizado em 2017 baseado nas respostas de homens com idades compreendidas entre os 60 e os 70 anos residentes em 4 países europeus, incluindo Portugal.

Prevalence of Sexual Problems and Associated Distress in Aging Men Across 4 European Countries

Uma coisa é falarmos de dificuldade sexual, outra coisa é quando uma situação se torna persistente e recorrente, aí podemos estar perante uma disfunção sexual que tem consequências na forma como a pessoa vive a sua sexualidade

Marta Crawford

crónica —— QUARTO DOS HÓSPEDES

Jorge Cardoso

Quando a pornografia afunila a sexualidade

Já no decurso do 2º período de confinamento, o padrão anterior sofreu um abalo. Durante a noite, Laura esticou o braço, na procura de aconchego e apenas encontrou colchão. «O que estás a fazer?… Agora percebo porque nunca te apetece…, Desde quando?…, Quero ver o histórico do computador!…, Deixei de te atrair, é isso?… Não quero estar ao lado de alguém como tu… ». Vicente apenas balbuciou: «é mais forte do que eu…».

Ler mais

No início dos anos 50, o sexólogo Alfred Kinsey e os seus colegas de trabalho publicaram resultados de um estudo sobre o comportamento sexual humano. Um dos resultados mais importantes desse trabalho revelou que, apesar do estigma, mais de metade dos inquiridos praticava a masturbação. Cerca de 95% dos homens masturbava-se habitualmente e 62% das mulheres também o fazia, ao contrário do que seria de expectável para a época.

crónica —— QUARTO DOS HÓSPEDES

Melissa Lyra

O Estranho Caso do T2 que Encolheu

Adoro ser casada. Adoro ser casada com este homem em específico. Tem uma sensibilidade silenciosa que me comove. É sensato e sólido como dizem ser os primogénitos. É um pai estupendo. E com mil diabos, como é lindo ao sair do duche, com o cabelo nos olhos a tatear pela toalha, totalmente míope. Faz mesmo o meu género.

Ler mais

Quando falamos de disfunções, estamos a falar das dificuldades sexuais que ocorrem nas várias fases da resposta sexual, seja na fase do desejo, da excitação ou do orgasmo e ainda temos as disfunções relacionadas com a dor ou com a aversão

Marta Crawford

Desta vez servimos-vos no menu “A Gorda”, de Isabela Figueiredo, o livro “À Escuta dos Amantes – Memórias e Labirintos de um Ouvidor”, de Júlio Machado Vaz, o “Viva a Vagina” de duas médicas norueguesas e mais duas séries para vos espicaçar a mente. Bom apetite!

Ler mais

Making of

Previous
Next

espreitadela aos bastidores das filmagens Para encontrar o QUE não se vê e ouve no podcast/videocast.

FOTOS —— Marco António

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on google