Poesia —— Jorge Sousa Braga

Escrevo com os dedos ainda longos da carícia. / Qual é a minha ou a tua língua? / Este fogo que só com fogo se pode apagar