Poesia —— Cláudia Lucas Chéu

E as coisas que vêm até ti. / Repara: o hímen. Pára de sugar fantasmas de ténis e jeans. / As coisas que não controlas, que vêm até aqui. / Escolhem a noite. A tua cabeça pendente. / Invadem o peito, as mamas, o interior das pernas e as virilhas; suor frio.(…)