A amante do tenente

Naqueles encontros, o tempo parava. A pele de ambos ficava enrubescida, colada, as mãos interlaçavam-se, os corpos dançavam e as línguas saboreavam-se. Por instantes, mesmo que ele nunca entrasse nela, os corpos fundiam-se num só como num lamento.