Poesia —— Adília Lopes

Eu quero foder foder achadamente se esta revolução não me deixa foder até morrer é porque não é revolução nenhuma a revolução não se faz nas praças nem nos palácios (essa é a revolução dos fariseus) (…)