Poema lido por Leonor Alcácer atriz e encenadora


AS CORRECÇÕES DO AMOR


Primeiro Poema

Depois, há essa taça

emprestada de vida e de cozinha,

que está ali e ainda tem gravado

uma espécie de cheiro

que era o dele

Li uma vez

que a pele e o perfume

são como gémeos junto a certas peles,

e que essas peles os colam

às coisas que tocaram

E eles ficam ali, firmes e certos,

à espera de outras peles

e de memória





Ana Luísa Amaral —— Ana Luísa Amaral nasceu em Lisboa no dia 5 de Abril de 1956 e vive, desde os nove anos, em Leça da Palmeira. Tem um doutoramento sobre a poesia de Emily Dickinson e as suas áreas de investigação são Poéticas Comparadas, Estudos Feministas e Estudos Queer. É Professora Associada da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, onde integra também a direcção do Instituto de Literatura Comparada Margarida Losa. Tem publicações académicas várias em Portugal e no estrangeiro.

É autora, com Ana Gabriela Macedo, do Dicionário de Crítica Feminista (Porto: Afrontamento, 2005) e preparou a edição anotada de Novas Cartas Portuguesas (1972), de Maria Isabel Barreno, Maria Teresa Horta e Maria Velho da Costa (Lisboa: Dom Quixote, 2010). 

Organizou, com Marinela Freitas, os livros Novas Cartas Portuguesas 40 Anos Depois (Dom Quixote, 2014) e New Portuguese Letters to the World (Peter Lang, 2015). Coordenou o projecto internacional financiado pela FCT Novas Cartas Portuguesas 40 anos depois, que envolveu 13 equipas internacionais e mais de 15 países

Em 2007, venceu o Prémio Literário Casino da Póvoa, atribuído no âmbito do encontro de escritores de expressão ibérica Correntes d’Escritas na Póvoa de Varzim, com a obra A Génese do Amor. No mesmo ano, foi galardoada em Itália com o Prémio de Poesia Giuseppe Acerbi. O seu livro Entre Dois Rios e Outras Noites obteve, em 2008, o Grande Prémio de Poesia da APE (Associação Portuguesa de Escritores).

No final de 2020 recebeu o Prémio Literário Vergílio Ferreira  atribuído pela Universidade de Évora e foi distinguida pela associação das Livrarias de Madrid com o prémio Livro do Ano, na área de Poesia, pela publicação em Espanha de What’s in a name. Em 2021 sairá no Reino Unido um livro de ensaios sobre a sua obra, pela Peter Lang Gmbh, com o título Resistance and Beauty in Ana Luísa Amaral.

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on google