A partir dos 40 estamos regra geral menos maleáveis para as novas relações, a personalidade está bem definida, os hábitos, os vícios, as manias, os gostos. E a equação do novo ‘nós’ pode ser mais desafiante em idades mais maduras. É o que defende Maria João Teixeira, 40 anos, produtora e criadora de conteúdos, que defende que o sexo entre o casal deve apenas ser feito quando há vontade de ambos e tem uma posição muito clara sobre as camas que passaram por histórias amorosas passadas. “Colchões a arder.” Por outro lado, a curadora Cláudia Camacho, de 40 anos, assume que está a usar esta fase de maior confinamento para curar feridas emocionais, refletir, reorganizar-se interiormente e a ter mais tempo para si depois de uma delicada separação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *