LIVROS




O AMOR É FODIDO
—— MIGUEL ESTEVES CARDOSO



É o livro mais famoso do cronista, crítico e jornalista Miguel Esteves Cardoso que se tornou um clássico dos anos 90 e que agora tem nova edição, com prefácio de Ricardo Araújo Pereira. Até porque as décadas passaram e o amor, esse, continua fodido. Escrito com humor, sarcasmo, sobre a dificuldade das relações e um dos temas que mais interessa à Humanidade, este livro é intenso e agridoce desde a primeira página até ao último parágrafo.
João já em idade avançada, está fisicamente inválido e recorda o seu amor fodido por Teresa, que amou incondicionalmente e de forma quase doentia. É um livro de amor. Mas fodido. Até porque há amores que são levados mesmo ao limite. Como escreveu Ricardo Araújo Pereira, “O amor costuma ter, apesar de tudo, boa imprensa – o que, pensando bem, é incompreensível. Dizer que o amor é fodido é, finalmente, tratá-lo como ele merece.”


Título: O Amor É Fodido
Autor: Miguel Esteves Cardoso
Editora: Porto Editora
(Re)edição: 2016
Preço: 16,60€




COMO PENSAR MAIS SOBRE SEXO
—— ALAIN DE BOTTON


Falamos muito sobre sexo, mas será que sabemos falar sobre ele? O escritor suiço Alain de Botton diz-nos que habitamos numa ilusão – pensamos que há espaço para tudo. Achamos normal que haja uma imensidão de universo para filmes pornográficos ou para mensagens atrevidas. No entanto, não criamos um local onde possamos comunicar e dialogar aquilo que realmente gostamos e o que nos inquieta, o que nos eleva e o que nos apoquenta. Sentimos, pelo contrário, vergonha, constrangimento e desconforto em fazê-lo. Carregamos uma bagagem conservadora, que se impõe como um travão na viagem da (re)descoberta. E como revolucionar este pensamento? É lê-lo. Um livro pedagógico, claro e simples, que deixa em cima da mesa a necessidade de reflexão individual e coletiva sobre o tema. De leitura obrigatória.


Título: Como Pensar Mais Sobre Sexo
Autor: Alain de Botton
Editora: Lua de Papel
Edição: 2013
Preço: 14,90€


FILMES

MARRIAGE STORY



Manter o casamento ou optar pelo divórcio? É amor ou desamor? Quem é o bom e o mau da história? São estas ambiguidades a base deste filme que acompanha a crise crescente de um casal que se ama. Ou será que não? Logo no início desta obra percebe-se o respeito e a admiração que ambos têm um pelo outro. Mas isto vai manter-se? será só uma fina capa que esconde muitas feridas e contradições? Entre a complexidade dos casamentos e divórcios, das relações e discussões, do amor, ou do que resta dele e o desconforto que daí advém, tudo é retratado de uma forma brilhante. A narrativa tem como protagonistas uma atriz no começo de carreira, Nicole, e um diretor de teatro de sucesso, Charlie, que anda entre Nova Iorque e Los Angeles. E com um filho pelo meio, tudo parece ser inseguro e arriscado. O que é mais fascinante neste filme? O realismo das cenas que retratam a vida e as relações como elas são,, contraditórias e complexas.



Título: Marriage Story
Plataforma: Netflix
Criador: Noah Baumbach
Estreia: 2019


DISPONÍVEL PARA AMAR
(In The Mood For Love)




Se já Chungking Express (1994) havia sido uma belíssima obra, também Disponível Para Amar o é. Pelas mãos de Wong Kar-Wai, somos espectadores da crise de um romance entre Chow Mo-wan e Su Li-zhen. Nesta história rebenta a harmonia quando há uma descoberta de infidelidade. E o que acontece quando um amor acaba? Porque acabou? Surgirá outro? Neste filme do brilhante Wong Kar-Wai, as personagens principais mudam-se para o mesmo prédio com os seus cônjuges ausentes. É aqui que Chow e Su descobrem a traição dos seus cônjuges e procuram respostas para tal. E como encontrá-las? Re-encenando as cenas de infidelidade dos seus parceiros.
Será que, no final, o destino prega uma partida e lhes troca as voltas? Será que a procura por explicações competirá com um amor intenso e inquietante? O melhor é verem o filme.


Título: Disponível Para Amar
Criador: Wong Kar-Wai
Estreia: 2000


SÉRIES



ATÉ QUE A VIDA NOS SEPARE

Aqui conta-se a história da família Paixão, que organiza casamentos mas que, por ironia do destino, está a atravessar um divórcio. Esta série portuguesa a passar na RTP1 está bastante bem escrita e é extremamente realista, e poderia ser a vida de qualquer um de nós. Se organizássemos casamentos, claro. Entre boas e más relações, amores e desamores, casamentos e divórcios, encontramos espaço para o significado de amor para três gerações distintas. Nota especial para o humor inteligente com que é escrita e realizada a série, e que foi criada pelos escritores João Tordo, Tiago R. Santos e Hugo Gonçalves. A não perder.


Título: Até Que A Vida Nos Separe
Plataforma: RTP 1/RTP PLAY
Criadores: João Tordo, Tiago R. Santos e Hugo Gonçalves
Estreia: 2021


Raquel Porto —— vídeoilustração

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on email
Share on google